Início / Notícias / Brasil / Brasil tem 155 mil pessoas trabalhando em condições de escravidão

Brasil tem 155 mil pessoas trabalhando em condições de escravidão

Brasil tem 155 mil pessoas trabalhando em condições de escravidãoDados do Índice de Escravidão Global 2014 divulgados nesta segunda-feira (17) pela Fundação Walk Free, revelam que o Brasil tem 155,3 mil pessoas (0,078% da população) em situação análoga à escravidão. O número representa uma queda em relação ao levantamento de 2013, que apontou mais de 210 mil pessoas submetidas ao trabalho escravo no país.

Com a retração, o Brasil foi da 94ª posição para a 143ª entre os 167 países avaliados. No ranking das Américas, o país aparece em 24º de um total de 27 países participantes – melhorando sua colocação em relação a 2013, quando apareceu em 13º.

Pela primeira vez o Brasil concentrou a maior parte das ocorrências no setor da construção civil (38%), superando o setor rural. Para a Walk Free, as obras relacionadas à Copa do Mundo propiciaram o aumento dos casos em áreas urbanas.

A realização do Mundial provocou também um crescimento do número de episódios de exploração sexual de jovens e crianças, principalmente nas cidades-sede do evento. Segundo o estudo, a cidade de Fortaleza registrou a maior parte dos casos de trabalho escravo sexual.

O levantamento destacou ainda o alto número de  estrangeiros – especialmente bolivianos e peruanos – que trabalham ilegalmente na indústria têxtil: mais da metade dos 100 mil imigrantes bolivianos entraram no país de forma irregular em 2013 e são manipulados por meio de violência, ameaças de deportação e pagamento de dívidas.

Problema mundial

Em todo o mundo, foram verificadas cerca de 35,8 milhões de pessoas em condições de ‘trabalho escravo moderno’ – 61% delas, ou quase 22 milhões de pessoas, vivem na Índia, China, Paquistão, Uzbequistão e Rússia.

Apesar do aumento registrado em comparação ao estudo de 2013 (que indicou 29,8 milhões de pessoas no trabalho escravo), a organização ressaltou a inclusão de mais cinco países no ranking deste ano e um aperfeiçoamento na metodologia de pesquisa.

Da Redação

Sobre Redação Clip PB

Fundado em Dezembro de 2013, o Portal Clip PB é uma revista eletrônica online sediada em Campina Grande (PB), e tem como principal objetivo manter os internautas paraibanos informados com as notícias do Estado primando sempre pela qualidade, rapidez e imparcialidade dos fatos.

Powered by keepvid themefull earn money

Redação Clip PB

Olá! Em que podemos te ajudar?

Olá! Em que podemos te ajudar?

ENTER para iniciar