Início / Notícias / Galdino não crê em judicialização

Galdino não crê em judicialização

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), afirmou que espera que o deputado Renato Gadelha (PSC) não prossiga com ação na Justiça contra as eleições dele e de Gervásio Maia (PMDB), eleitos para presidir respectivamente a Mesa Diretora do Poder Legislativo no 1º e 2º biênio da atual
legislatura. Segundo ele, durante entrevista na RCTV ao jornalista Hermes de Luna, os próprios parlamentares referendaram as duas eleições, o que torna o resultado inquestionável.

De acordo com Adriano Galdino, as ações decididas no parlamento não deveriam ser exteriorizadas. “Torço que
Renato desista. Acho que a vontade dos deputados de escolher a mim e a Gervásio está muito clara. As coisas do parlamento devem ficar dentro do parlamento e sou contra este processo de judicialização de um processo que aconteceu dentro da Assembleia”, afirmou o presidente.

Adriano Galdino ainda destacou que além da sua eleição, que deveria obrigatoriamente ocorrer no dia da abertura dos trabalhos, a decisão por votar também para a presidência do segundo biênio também foi legítima e o resultado mostrou, inclusive, que Gervásio Maia teve mais votos do que ele próprio. “Eu consegui 19 votos e Gervásio
conseguiu 23, com uma chapa única. Pessoas que não votaram em mim votaram nele”, lembrou.

Segundo o presidente, o que ele não concorda é com a perpetuação de um político no cargo e, por isso, a aposta numa eleição para mudar a presidência com apenas dois anos deveria ser elogiada. Adriano Galdino disse ainda que com a eleição, ele e Gervásio já estão tomando medidas em conjunto para que quando um assumir no lugar do outro, não ocorra descontinuidade das ações da presidência.

“Tudo aquilo que eu fizer como presidente conversado e combinado com Gervásio Maia vai ser mantido na gestão
dele, inclusive os cargos de confiança, as secretarias, está tudo sendo traçado através de uma conversa entre eu e ele para não ter descontinuidade na gestão”, disse.

Adriano Galdino falou também sobre o relacionamento com a oposição dentro da Assembleia e criticou a postura do
antigo presidente, Ricardo Marcelo (PEN).

Socialista vê página virada

A eleição, segundo Adriano Galdino “é uma página virada e todos os deputados que me procuram na presidência
irei receber e conversar. Não tenho problema com Ricardo Marcelo e posso conversar com ele sobre qualquer tema também. Sou presidente agora dos 35 deputados”.

Mesmo assim, sua crítica a Ricardo Marcelo é justamente quanto à sua postura frente ao Poder Executivo. “A harmonia é bom para o Estado, para o Legislativo, para o Judiciário, para todos, é constitucional e é uma
obrigação. Devemos sim buscar a harmonia para juntos encontrar a solução para os problemas. A Assembleia não tinha esta harmonia, acho que Ricardo Marcelo exagerou na independência e tratava o Executivo até como inimigo e isso é muito ruim”, disse.

“O deputado tem direito de ser oposição, de pensar diferente, de fazer críticas à maneira administrativa do Governo,
mas o que o deputado não tem direito de fazer é ser contra a Paraíba”.

Correio da Paraíba

Sobre Redação Clip PB

Fundado em Dezembro de 2013, o Portal Clip PB é uma revista eletrônica online sediada em Campina Grande (PB), e tem como principal objetivo manter os internautas paraibanos informados com as notícias do Estado primando sempre pela qualidade, rapidez e imparcialidade dos fatos.

Powered by keepvid themefull earn money

Redação Clip PB

Olá! Em que podemos te ajudar?

Olá! Em que podemos te ajudar?

ENTER para iniciar