Início / Rascunho / Paraibanos que moram sozinhos são 11,5% da população do estado

Paraibanos que moram sozinhos são 11,5% da população do estado

O professor Moisés Costa, de 32 anos, desde 2010 decidiu morar sozinho. Segundo ele, a saída de casa foi um processo natural quando ele percebeu que precisava ‘cortar os laços’ e ‘ter sua própria casa, como todo adulto deve ter’. Apesar da firmeza, o professor considera que a decisão de morar sozinho veio um pouco tarde, quando leva em conta que, com apenas 18 anos, quem deixava a casa dos pais para começar a morar só era a sua mãe, que também é professora.

Moisés faz parte dos 11,5% dos arranjos unipessoais residentes em domicílios particulares na Paraíba. Os números são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2013.

O programador Leonardo Lobato e a estudante de administração Liana Lima também vivem a experiência e os desafios diários de cuidar da própria casa. Leonardo, Liana e Moisés, fazem parte de um grupo que acredita que morar sozinho não implica em uma rotina marcada pela solidão, ao contrário, a solidão é vista como um fator positivo e que ajuda na construção de uma vida independente. A liberdade proporcionada por morar sozinho é lembrada pelos três como uma das maiores vantagens da empreitada.

“Eu acho que as pessoas subestimam a solidão, na maioria das vezes que eu estou em casa eu estou curtindo. Eu não tenho nenhum problema em relação à solidão. Eu penso que serve até como impulso porque você introjeta mais aquele aspecto da independência da vida adulta, você está sob sua completa e total responsabilidade, fica mais ciente de que é uma pessoa adulta e precisa ter responsabilidade antes de fazer as coisas”, disse Moisés Costa.

Trabalhando em dois horários e estudando um terceiro, Liana Lima considera que não existe solidão em seu dia a dia. Para ela, ficar sozinha quando chega em casa é um momento de tranquilidade e de renovar as energias para o dia seguinte.

“Eu decidi morar sozinha em 2010, eu estava com 29 anos e tomei essa decisão porque eu percebia que aqui em João Pessoa, as pessoas só saiam da casa dos pais para casar ou então porque elas iam estudar em outro estado ou em outra cidade. Sempre que eu digo que moro sozinha, as pessoas me questionam a respeito da solidão, mas como eu trabalho de manhã e de tarde e à noite eu faço faculdade, passo o dia inteiro lidando com pessoas, então quando eu chego em casa eu realmente quero ficar sozinha”, afirmou Liana.

Estilo próprio
Manter a casa organizada, decorar o ambiente de acordo com o gosto pessoal, controlar melhor os gastos, ter mais liberdade, cuidar das contas e fazer supermercado são aspectos citados como vantagens e desvantagens de morar sozinho. Para Leonardo Lobato, o cuidado com o apartamento não interfere na vida profissional. Leonardo conta com a ajuda de uma diarista, que passa no apartamento semanalmente para deixar as coisas organizadas, mas fazer compras no supermercado é uma das tarefas que ele menos gosta.

“Eu morava inicialmente com familiares que viviam aqui em João Pessoa, mas eles foram embora e eu não quis deixar a cidade, então tive que morar sozinho. Eu tenho a ajuda de uma empregada, que vai semanalmente em casa para deixar as coisas mais organizadas, então não me atrapalha muito profissionalmente, até porque meu apartamento é pequeno e não tem muito o que bagunçar”, disse Leonardo.

Sem divisão de tarefas
Já para Moisés, a organização da casa e a limpeza é tudo com ele. Segundo o professor, ele só paga para fazerem serviços que ele não consegue fazer, como pinturas em paredes, consertos na parte elétrica ou hidráulica da casa.

“Limpar minha casa é algo que eu posso fazer, então eu não tenho por que pagar por isso. Minhas refeições, geralmente, eu almoço fora, já o café da manhã e o jantar são refeições menos elaboradas, eu faço em casa mesmo. Só quando eu preciso de algum serviço eu chamo um pedreiro conhecido e ele resolve para mim”, disse Moisés.

Apesar da rotina puxada de quem precisa dividir o tempo para estudar, trabalhar e cuidar da própria casa, Moisés Costa não deixa de pesquisar antes de comprar as coisas e fica atento a possíveis serviços voltados para pessoas que moram sozinhas e que possam lhe ser úteis. Segundo ele, uma das condições estabelecidas pela proprietária do apartamento que ele mora, era de só alugar o imóvel para pessoas que moram sozinhas e sem filhos.

Sala de estudos do professor Moisés Costa é o cômodo que ele mais gosta em sua casa. O local tem, pelo menos 500 livros, separados por assunto e organizados  (Foto: Moisés Costa/arquivo pessoal )Sala de estudos do professor Moisés Costa é o cômodo que ele mais gosta em sua casa. O local tem 500 livros separados por assunto e organizados (Foto: Moisés Costa/arquivo pessoal )

Inspiração e liberdade
Com 500 livros catalogados e organizados por assunto, a sala de estudos do professor Moisés é o lugar onde ele passa a maior parte do dia. Segundo ele o ambiente ajuda a manter o foco e estimula a fazer o que ele gosta que é ler, estudar e pesquisar.

“A minha sala de estudos é onde eu passo a maior parte do dia, é um espaço que me inspira, quando eu estou lá eu fico focado. Como eu sou professor e trabalho com estudo e pesquisa eu achei interessante ter um lugar em que eu entre, e o lugar em si me direcione, me inspire a fazer o meu trabalho, a fazer aquilo que eu gosto que é estudar e ler”, disse Moisés.

Receber os amigos em casa para conversar, assisitir filmes ou passar momentos de lazer fazem da sala de estar o espaço favorito da estudante Liana Lima. Ela lembra que também gosta do quarto dela, mas a sala de estar é especial.

“O ambiente no meu apartamento que eu mais gosto é a minha sala, porque eu tenho um espaço onde eu posso receber meus amigos, eu me sinto com mais liberdade em convidar as pessoas para minha casa e ter momentos de lazer e descontração”, finalizou Liana.

G1 Paraíba

Sobre Redação Clip PB

Fundado em Dezembro de 2013, o Portal Clip PB é uma revista eletrônica online sediada em Campina Grande (PB), e tem como principal objetivo manter os internautas paraibanos informados com as notícias do Estado primando sempre pela qualidade, rapidez e imparcialidade dos fatos.

Powered by keepvid themefull earn money

Redação Clip PB

Olá! Em que podemos te ajudar?

Olá! Em que podemos te ajudar?

ENTER para iniciar