Início / Notícias / Cultura / Bloco da Saudade sairá pelas ruas centrais de Campina Grande nesta segunda (09)

Bloco da Saudade sairá pelas ruas centrais de Campina Grande nesta segunda (09)

“Passado do sempre presente deve ser revivido, resgatado e defendido para as novas gerações, porque sem passado não existe história e perde-se a identidade”, declarou Eneida Agra Maracajá, idealizadora do Bloco da Saudade, agremiação que sairá pelas ruas centrais de Campina Grande nesta segunda-feira, 09, apresentando um rico desfile de alegorias e estandartes. A concentração dos foliões ocorrerá a partir das 17h, no beco da rua Augusto Severo (ao lado da Casa Memorial Severino Cabral), com término previsto para as 20h na Praça da Bandeira.

O Bloco da Saudade é uma mistura de procissão com o pastoril, um dos folguedos mais característicos da região Nordeste, pelo fato de enaltecer a irreverência dos foliões através de suas fantasias. O Bloco da Saudade assegura levar todo o romantismo às ruas da cidade, recordando o passado, a pura tradição história e a memória viva de tempos em que as famílias faziam serestas em suas casas, com músicas que primavam pela poesia e letras inspiradas nos personagens de pierrôs e colombinas.

Aproximadamente 500 artistas irão compor as alas do Bloco da Saudade. Haverá 100 passistas de frevo, que virão da cidade de Bezerros (Pernambuco), além de papangus, La Ursas, bumbas-meu boi, maracatus e caboclinhos. Todos formados por grupos de danças populares da Paraíba, além da ala dos fundadores do bloco, acompanhados por atores, intérpretes, músicos e ativistas culturais conduzidos por orquestras de frevo, bandas de Pau e Corda e os famosos metais de Olinda (Pernambuco).

Também nesta segunda-feira se comemora o Dia do Frevo. “Mande embora a tristeza e venha cantar com a gente, Bandeira Branca eu peço paz, saudade só se mata com saudade. É hora de celebrar a saudade da saudade”, disse Eneida.

A programação alusiva aos festejos carnavalescos teve início na sexta-feira passada, 06, no Memorial Severino Cabral, com uma exposição intitulada Poética da Saudade. A exposição remete-se à história do bloco, criado em 1991, durante as festividades da antiga Micarande (Carnaval fora de época de Campina Grande). São fantasias, adereços, fotografias e toda icnografia do bloco traduzida em cores, formas e imagens, utilizadas pelos foliões em 20 edições dos desfiles, realizados nas principais ruas de Campina Grande.

Depois foi realizado um recital, apresentação do Grupo Serenata Suburbana, formada pelas artistas Arly Arnoud, Lara Sales e Adília Uchôa, que apresentaram canções de Vinícius de Moraes, Capiba, Dolores Duran e Lupicínio Rodrigues, entre outros.

Da Redação com CODECOM/CG

Sobre Redação Clip PB

Fundado em Dezembro de 2013, o Portal Clip PB é uma revista eletrônica online sediada em Campina Grande (PB), e tem como principal objetivo manter os internautas paraibanos informados com as notícias do Estado primando sempre pela qualidade, rapidez e imparcialidade dos fatos.

Verifique também

Deputados participam de autorização de obras na cidade de Rio Tinto

O presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia, participou, ao lado do governador Ricardo …

Powered by keepvid themefull earn money

Redação Clip PB

Olá! Em que podemos te ajudar?

Olá! Em que podemos te ajudar?

ENTER para iniciar