Início / Notícias / Mundo / Com economia em crise, Venezuela tenta capitalizar PDVSA

Com economia em crise, Venezuela tenta capitalizar PDVSA

A petroleira estatal venezuelana PDVSA poderá vender os dólares que receber por meio de acordos de cooperação energética, como a Petrocaribe e o Acordo Energético de Caracas, a qualquer taxa de câmbio oficial, determinou um convênio publicado nesta terça-feira, 6, na Gazeta Oficial do país.

A PDVSA poderá vender os dólares provenientes de “financiamentos, instrumentos financeiros e cobrança de dívidas” pelas atividades de exportação ou venda de hidrocarbonetos “a qualquer tipo dos câmbios oficiais vigentes”, afirma o documento.

Atualmente, o sistema de controle de câmbio na Venezuela é monopolizado pelo Estado, com três taxas oficiais de câmbio distintas. Assim, US$ 1 pode custar 6,3 bolívares (taxa Cencoex), 10 bolívares (taxa Sicad 1) ou 50 bolívares (Sicad 2).

A nova determinação sobre a PDVSA pode ser considerada uma manobra para capitalizar a petroleira, que deixará de ser obrigada a vender seus dólares para o governo, principalmente para o Banco Central, pela taxa mais baixa. A empresa é responsável por mais de 90% da entrada de dinheiro no país.

A petroleira poderá multiplicar a entrada de bolívares em quase 800%. Segundo o diretor da empresa Economética, Henkel García, isso melhora a liquidez monetária da estatal no momento em que a economia venezuelana sofre uma crise em razão da queda internacional do preço do petróleo.

A medida foi publicada em meio a tentativas do governo de Nicolás Maduro para melhorar a economia. O país encerrou 2014 em recessão e com a inlação acima de 63%.

“O impacto dessa medida não é favorável ou contrário” ao bem da economia do país, segundo García, porque a entrada de dólares provenientes de acordos de cooperação energética é relativamente baixa para a petroleira.

A PDVSA mantém vários acordos de cooperação com países do Caribe e da América Latina, fornecendo petróleo por meio de financiamentos com condições preferenciais, como boas condições de empréstimos e juros baixos.

O principal acordo é a criação da Petrocaribe, em 2005, exigindo que os membros do pacto paguem em dinheiro apenas 40% de cada remessa e permitindo que o resto seja financiado em 25 anos a juros baixos ou que o pagamento seja realizado com produtos variados, desde sacas de arroz até calças jeans.

De acordo com as autoridades venezuelanas, o país exporta, apenas para a Petrocaribe, 100 mil barris por dia aos 17 países do bloco, tendo uma receita de mais de US$ 4 bilhões, sendo uma parte paga em dinheiro e outra com bens e serviços.

Estadão

Sobre Redação Clip PB

Fundado em Dezembro de 2013, o Portal Clip PB é uma revista eletrônica online sediada em Campina Grande (PB), e tem como principal objetivo manter os internautas paraibanos informados com as notícias do Estado primando sempre pela qualidade, rapidez e imparcialidade dos fatos.

Verifique também

Deputados participam de autorização de obras na cidade de Rio Tinto

O presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia, participou, ao lado do governador Ricardo …

Powered by keepvid themefull earn money

Redação Clip PB

Olá! Em que podemos te ajudar?

Olá! Em que podemos te ajudar?

ENTER para iniciar