Cidades

Estudantes que moram na residência universitária da UFPB relatam problemas

© Nalva Figueiredo
Clip PB • A Notícia Em Sua Mão!

© Correio da Paraíba

As residências universitárias são um porto seguro para estudantes carentes que estudam fora de seus municípios. É nelas que eles moram durante o curso. Porém, na opinião deles, as ‘casas’ não têm sido tão benéficas quanto deveriam. Enquanto falta água com frequência na Residência Universitária Masculina e Feminina (Rumf), instalada no Campus I da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa, uma caixa d’água está cheia de lixo. Os problemas seguem com a falta de segurança, péssima qualidade da internet fornecida por empresa que foi contratada sem licitação.

Segundo os estudantes (que não quiseram se identificar), a internet fornecida para a Rumf não é a mesma que as demais áreas da UFPB utilizam. Eles relataram que uma empresa de internet a rádio foi contratada sem licitação. “Estamos num órgão federal, que tem que atender a todos por igual”, reclamou Frederico Sorenti, aluno do curso de Geografia. Os estudantes reclamam, inclusive, que o serviço de internet é muito ruim.

“Já houve situações em que não tive acesso e perdi o prazo de inscrição para uma bolsa de monitoria”, disse um deles. Eles informaram que o problema já foi informado à Reitoria e Prefeitura Universitária, mas nenhuma providência foi tomada.

O Pró-Reitor de Assistência e Promoção aos Estudantes, João Wandemberg Gonçalves Maciel, foi informado, mas segundo um dos estudantes, pediu que a reclamação fosse feita por escrito. “Nosso maior inimigo é a burocracia institucional”, constatou um deles, que reclamou também da falta de atendimento de urgência e ainda das lavanderias quebradas.

Na Rumf, a falta de segurança foi outro aspecto citado pelos estudantes. Sorenti afirmou que a porta de seu quarto foi arrombada. Já um estudante que veio do Rio de Janeiro e cursa Língua Estrangeira Aplicada relatou que teve uma cafeteira e um celular furtados.

Outros residentes afirmaram que existe projeto para construção de um muro em volta da residência que seria recuado, deixando o espaço, que hoje é uma quadra destruída, como estacionamento. Talvez essa seja a explicação para o abandono da quadra. Há mais quase dois anos, ela foi inutilizada com a promessa de ser refeita. “Aqui, começam as obras e não terminam nada. Além disso, demoram demais para consertar coisas pequenas”, disse Frederico Sorenti.

É o que acontece na Casa da Universitária Paraibana, localizada no Centro de João Pessoa. Uma estudante (que pediu para ficar no anonimato) afirmou que sempre há infiltrações. Ela confirmou também que existe muita demora na realização de alguns reparos. “Para trocar uma lâmpada, pode demorar até um mês. E se o serviço for maior, não há previsão”. Um dos pontos positivos, segundo ela, foi a chegada de máquinas de lavar.

Clip PB • A Notícia Em Sua Mão!
Redação Clip PB
O Portal de Notícias Mais Completo da Paraíba - Fundado em Dezembro de 2013, o Portal Clip PB é uma revista eletrônica online sediada em Campina Grande (PB), e tem como principal objetivo manter os internautas paraibanos informados com as notícias do Estado primando sempre pela qualidade, rapidez e imparcialidade dos fatos.