Início / Notícias / Mundo / Ucrânia volta a mobilizar tropas por temor de nova ofensiva rebelde

Ucrânia volta a mobilizar tropas por temor de nova ofensiva rebelde

Ucrânia volta a mobilizar tropas por temor de nova ofensiva rebeldeA Ucrânia alertou, nesta quarta-feira (12), que está voltando a mobilizar tropas no leste por medo de que os separatistas lancem uma nova ofensiva militar, apesar de a Rússia negar ter enviado soldados para reforçar os rebeldes.

O cessar-fogo acordado pelos militantes pró-Rússia e forças do governo mais de dois meses atrás está praticamente morto – e aumentam os receios ocidentais de que o conflito volte com força total.

O general norte-americano Philip Breedlove, supremo comandante aliado da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) na Europa, disse que a aliança viu tropas e tanques russos entrando na Ucrânia nos últimos dias, confirmando relatos de observadores internacionais.

“Não há mais dúvida sobre o envolvimento militar direto da Rússia na Ucrânia”, declarou Breedlove na Bulgária.

O major-general Igor Konashenkov, funcionário do Ministério russo da Defesa, disse em Moscou que “não houve e não há fatos” que sustentem tais declarações, e que a Rússia deixou de prestar atenção a tais acusações da Otan.

Já o ministro da Defesa ucraniano, Stepan Poltorak, não deixou dúvida de que Kiev tampouco presta atenção quando Moscou nega fornecer apoio militar direto aos rebeldes, mais um lance do pior impasse diplomático com o Ocidente desde a Guerra Fria.

“Estamos reposicionando nossas Forças Armadas para reagir às ações dos combatentes (rebeldes)”, afirmou Poltorak em uma reunião de governo em Kiev. “Vejo como minha principal tarefa nos prepararmos para uma ação militar.”

Ele não deu detalhes sobre os movimentos das tropas.

O cessar-fogo de 5 de setembro foi firmado depois de semanas de combates acirrados entre as forças governamentais e os separatistas, que oito meses atrás se rebelaram no leste ucraniano, cuja maioria da população fala russo, contra o governo de Kiev, que tem se aproximado do Ocidente.

A trégua tem sido violada diariamente, e cada vez mais, desde que os rebeldes realizaram o que o Ocidente e o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, disseram ter sido eleições ilegítimas para escolher seus líderes no dia 2 de novembro.

O saldo de mortes no conflito já ultrapassou quatro mil desde a assinatura da trégua e Kiev acusa Moscou de ter enviado mais soldados na semana passada.

O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, disse ao secretário de Estado norte-americano, John Kerry, por telefone que o cessar-fogo precisa ser mantido, rejeitando as acusações de que Moscou seja culpada por seu fracasso.

Um repórter da Reuters, entretanto, viu caminhões militares sem identificação no centro de Donetsk, uma das regiões em posse dos separatistas no leste, nesta quarta-feira (12), e soldados em uniformes verdes sem insígnias por perto.

O temor de Kiev é que Putin, que anexou a península ucraniana da Crimeia em março, queira expandir os territórios controlados pelos rebeldes com outra ofensiva militar, como aquela que virou o jogo a favor dos separatistas em agosto.

Último segundo

Sobre Redação Clip PB

Fundado em Dezembro de 2013, o Portal Clip PB é uma revista eletrônica online sediada em Campina Grande (PB), e tem como principal objetivo manter os internautas paraibanos informados com as notícias do Estado primando sempre pela qualidade, rapidez e imparcialidade dos fatos.

Verifique também

TRF4 mantém bloqueio de R$ 16 milhões de Lula no caso triplex

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), de Porto Alegre, negou nesta terça-feira, 28, …

Powered by keepvid themefull earn money

Redação Clip PB

Olá! Em que podemos te ajudar?

Olá! Em que podemos te ajudar?

ENTER para iniciar